“O Poder de Proverbiar”

28/06/16 07:12:29:
Wilson Rodrigues Silva:

“O poder de Proverbiar”

No princípio era o Verbo,
E o Verbo estava com Deus,
E o Verbo era o Próprio Deus!
Apenas um pedido fez o Rei Salomão.
Entre qualquer tentação e ostentação, preferiu pedir sabedoria.
Não para si mesmo, mas para governar o seu povo.
E foi tanta que Deus lhe concedeu, que se tornou o maior Proverbiador que o mundo já conheceu.

O poder da Palavra talvez seja a maior benção e também a maior responsabilidade concedida por Deus aos homens.

A palavra tem tanto poder, que se nós soubéssemos, pensaríamos dez vezes para proferir apenas uma.
Ela exerce o domínio dos líderes prepotentes sobre os ignorantes, usando a de forma escusa.

Tem o poder de dividir, separar, juntar, unificar, favorecer.

Como também tem a magia de fazer alguém se apaixonar por outrem, em plena noite delirante de amor.

A palavra cantada e sussurrada suavemente aos ouvidos dos enamorados, elevam seus espíritos a se encontrarem com o divino.

A palavra mal dita, é maldição, e pode causar o início de uma grande guerra, sem precedentes.

Nos lábios do orador eloquente, a capacidade de paralisar o mundo para ouvi-lo.

Na voz do intérprete e cantor, unida as letras das canções, tem a capacidade de hipnotizar e sulcar os corações mais endurecidos e os ouvidos mais insensíveis, levando suas mensagens implícitas de amor.

Nas penas do Escritor, o poder de transformar vidas, nas palavras esculpidas, desenhadas nas linhas e entrelinhas dos livros.

Na voz do poeta, gera encantamento para a alma mais sedenta e carente.

Nos murmúrios de uma inocente criança, as lágrimas de uma mãe irrequieta.

Na voz de um político falastrão, o poder de gerar o engano e ilusões.

Na voz de um pai arbitrário, o medo nos filhos.

Na voz de um vendedor, a capacidade de vender sonhos.

Na voz de um treinador competente, elevar o espírito esportivo e guerreiro do atleta conduzindo o a vitória.

Na voz de um mestre, a capacidade de transformar os alunos e conduzi-los para a transformação do mundo.

Na voz do Filho de Deus, a salvação do homem do inferno.

Na voz de Deus, o princípio de todas as coisas.
Haja luz!
E houve Luz.
E viu Deus que a luz era boa.

Porque proverbiar é preciso!

Autoria: Wilson Sylvah
Autor premiado:
*Troféu Cora Coralina de destaque literário nacional 2015/2016..
*Troféu Destaque 2016 Carlos Drummond de Andrade.
*Membro da Academia de Letras de Goiás.

http://www.wilsonsylvah.com.br

LEAVE A COMMENT