Tributo ao Amor

Tributo ao Amor

Um êxtase de felicidade
Transformou meu desejo
Esse olhar de menina moça
Desejei, mas foi lampejo

Tão profundo, ao ponto
Que quando a encontrasse
Me entregaria tanto
Mesmo que, me destroçasse

Pois esse sentimento
Que tanto se enobrece
Finda meu tormento
Agora se fortalece

Queria viver pra sempre
Todos os dias te abraçar
Ficar assim tão demente
Uma loucura saciar

Na alvorada, te ver ao lado
Te tocar com cuidado
Me sentir tão amado
Neste desejo aflorado

Mergulhada em desejos
Perfumada me embevecia
Despertando em lampejos
Seus beijos me entorpecia

Um beija flor nos visitou
Era sinal de nostalgia
Pois esse amor alvoroçou
Não tinha noite, não tinha dia

Sua beleza, meu grande amor
Contagiou meu coração
Nas penas de um compositor
Se transformou em canção

O tempo já não contava
Seu amor era nudez
Sem pressa eu te buscava
Louco assim, sem sensatez

O mundo se tornou pequeno
Uma vida de esperança
Bebi de seu veneno
Me tornei uma criança

Hoje sei o que é o amor
A saudade um ferimento
Um bálsamo pra minha dor
Um secreto sentimento

Autor: Wilson Sylvah
http://www.wilsonsylvah.com.br

LEAVE A COMMENT